Category Archives: bla bla bla

Here is a Selfie C++ class example.

AKA Singleton (because “Selfie is so 2013″, people are saying).

// Ego.h
class Ego
{
public:
  static Ego *Selfie();

  uint32_t GetLikes() const { return mLikes; }
  void Like() { ++mLikes; }

private:
  uint32_t mLikes;

  Ego() : mLikes(0) { }
  Ego(const Ego&);
  Ego& operator=(const Ego&);
  ~Ego() { }
};

// Ego.cpp
Ego *Ego::Selfie()
{
  static Ego selfie;
  return &selfie;
}

// anywhere_you_go.cpp
#include "Ego.h"
Ego::Selfie()->Like();
Be Sociable, Share!

Os 10 mandamentos do rei da biblioteca (de programação)

Nesses últimos dias muita gente comentou sobre o rei do camarote. Eu assisti o vídeo e… bom… Mas o que isso tem a ver com qualquer coisa desse blog?

Duas frases chamaram a minha atenção, acho que pela quantidade de piadas que apareceram na minha timeline do Facebook: “Isso agrega a tudo” e “Comprar um Boing e colocar um piloto de teco-teco para pilotar”. E como esses tempos eu escrevi review de alguns livros e amigos me pediram indicações de livros de programação, acho que as coisas se misturaram um pouco… e então, sei lá exatamente por qual motivo (acho que o vídeo acabou afetando meu cérebro), resolvi fazer uma versão focada em livros, criando:

“Os 10 mandamentos do rei da biblioteca (de programação)”


10m-Book#1 Livros
Você tem que estudar os melhores livros das melhores editoras, que são: AK Peters/CRC Press, Morgan Kaufmann, Addison Wesley, O’Reilly, Packt Publishing, The Pragmatic Bookshelf


10m-Polishop#2 Poltrona
Você tem que ter uma poltrona, uma poltrona confortável. E a poltrona massageadora que vende na Polishop é um mito né, um sonho de consumo de qualquer pessoa, que chama atenção, que toda mulher gosta.


10m-PersonalLibrary#3 Biblioteca pessoal
Quando você está na biblioteca pública ou da faculdade, você é mais um. Todo mundo quer ter sua biblioteca pessoal, é uma questão de “statis”, algo que todo leitor quer. Pode variar desde empilhar algumas caixas de feira e colocar seus livros lá dentro até ao infinito… e além, como alguns exemplos desse site aqui.


10m-YouveGotMail#4 Serviços exclusivos: Amazon e pequenas livrarias (contraditório…)
Na Amazon você cria sua própria wishlist, tem descontos exclusivos e até algoritmos que geram recomendações baseadas nas suas compras e itens vistos, assim como em pequenas livrarias que você tem atendimento mais humano e dependendo pode até se tornar amigo(a) do(a) dono(a).


10m-Tirinhas-DoisIdiotas#5 Integridade física: sua e dos livros
Ao ler um livro, é bom estar confortável em uma poltrona e estar num ambiente bem iluminado, pra manter sua integridade física. Sobre os seus livros, infelizmente, algumas pessoas acabam – por bobeira, acidente ou inveja – não cuidando dos livros que você emprestou, dos seus bens.


10m-Tea#6 Café ou chá
Vou ser muito sincero, eu gosto mais de tomar vodka, mas café e chá caem bem melhor pra uma leitura. E tem toda uma preparação com o coador, o pó, o aroma, colocar no fogo…


10m-Knuth#7 Clássicos
Outra coisa importante é você ter livros clássicos (The Art of Computer Programming, The Mythical Man-Month, Effective C++, …), de autores famosos (Knuth, GoF, Cormen, Stroustrup, Meyers, …), na sua biblioteca pessoal, isso com certeza agrega a tudo, aos seus estudos, sua formação, tudo.


10m-Estudar#8 Estudos
Não faz sentido você ter tudo aquilo ali e não estudar nem praticar. É como você licenciar uma game engine C++ e colocar um “programador HTML5″ pra programar.


Uma coisa que acho que é pesada pra falar: Eu já li bastante.

100m-Banheiro



10m-MarshallAmp#9 Música
As músicas que gosto de ouvir quando estou lendo um livro são: … Muitas vezes é difícil se concentrar na leitura ouvindo música =P.


10m-Kindle#10 Kindle
Quem tem biblioteca pessoal, tem que ter um Kindle. Se você não tem um Kindle, não é legal, você tem que ter, tem que ler, colocar seus mobi’s, livros…


Quem não queria sentar numa poltrona confortável, ler bem, estar numa biblioteca cheia de conhecimento, bebendo um chá ou cafezinho…?

Imagens:
Pessoal (#1, #3, #6, #9)
http://www.pronz.com.br (#5, #8)
http://www.polishop.com.br/14313_poltrona-massageadora-luxury/p (#2)
http://nomorepopcorn.wordpress.com/2011/01/19/shot-for-shot-the-shop-around-the-corneryouve-got-mail/ (#4)
http://www.computerhistory.org/fellowawards/hall/bios/Donald,Knuth/ (#7)
http://www.amazon.com.br/gp/feature.html?docId=1000841461&ie=UTF8 (#10)
http://reidocamarote.tumblr.com/ (gif)

Be Sociable, Share!

Engine: como pronunciar?

Uma coisa que falo pros meus alunos é que eu não sou O senhor inglês (nem português), mas que é sempre bom sabermos pronunciar corretamente os termos que são comuns na nossa área, principalmente porque “pega mal” falar errado (certa vez, uma pessoa me falou que o conteúdo de uma palestra foi por água abaixo quando o palestrante ficou falando o termo “pixeis”).

Existem algumas palavras que me incomodam mais que outras, e “engine” é uma delas. Duas pronúncias que ouço com frequência são: “endjáine” e “enguíne”. Pra mim é igual alguém escrever “mais” no lugar de “mas”.

Pra tentar corrigir a pronúncia, antes eu perguntava sobre engenharia ou engenheiro. Nunca ouvi uma pessoa falando “en-djái-ni-er” nem “en-guí-ni-er”. E você?

Agora, o que eu pergunto é: “Alguém já jogou Daytona USA? O que o cara falava antes da corrida?” (é engraçado ter que perguntar se alguém já jogou ao invés de se alguém se lembra do jogo…).

Para quem nunca jogou o Daytona USA ou não se lembra, segue um vídeo no tempo exato em que ele fala “Gentlemen! Start your engines.”

E é assim que pronunciamos o famoso termo “engine”!

Be Sociable, Share!