Análise de livro: Ouya Unity Game Development (Packt Publishing)

BookOuyaUnityGameDevelopmentNo momento em que escrevo essa análise (dezembro de 2013), o livro “Ouya Unity Game Development” é o único livro sobre o assunto e está dividido em sete capítulos. O público-alvo são programadores iniciantes que têm certa familiaridade com a Unity, embora o autor explique conceitos básicos (assim, os que não estão acostumados com a ferramenta conseguem acompanhar sem problemas).

O primeiro capítulo comenta brevemente sobre a história dos jogos, a fim do leitor entender o contexto do Ouya. Em seguida, no capítulo 2, o autor explica como configurar a máquina de desenvolvimento: como obter e instalar o Android SDK e NDK, o Ouya SDK, como conectar o Ouya no computador e a configuração necessária para trabalhar com o plug-in da Unity (disponibilizado pela empresa Ouya).

O projeto desenvolvido no livro é um clone simples de Sokoban em 3D e seu desenvolvimento é explicado nos capítulos 3 a 5. Nesses capítulos, o autor também comenta sobre suporte ao controle do Ouya (que é simples de usar). O framework de monetização do Ouya é discutido no capítulo 6, que explica sobre como configurar e gerenciar compras assim como o que é necessário mudar no jogo (por exemplo, destravar níveis após pagamento) e configurar no site do Ouya. Por fim, o autor discute alguns tópicos sobre suporte multi-plataforma.

É um livro curto com aproximadamente 100 páginas. Metade dele é relacionado ao Ouya e a outra metade discute desenvolvimento em Unity com C#. Apesar desse livro ser o único disponível no mercado, é possível encontrar muita informação na documentação oficial do Ouya (recomendo checar a conta do github do Ouya).

Sobre Unity, o leitor deve aprofundar mais se quiser criar bons jogos com a ferramenta. A editora possui outros títulos sobre a ferramenta que explicam tópicos mais avançados e recomendo verificá-los.

Na minha opinião, o livro poderia explorar mais detalhes sobre performance, compressão de texturas no Ouya, como incluir suporte a múltiplos controles e o que fazer quando um deles é desconectado, e assuntos do tipo, ao invés de usar metade do livro para explicar um projeto Unity (que independe de plataforma-alvo, com exceção do suporte ao controle do Ouya). Talvez o autor pudesse focar também no desenvolvimento para Ouya usando outras tecnologias como Cocos2d-x, Libgdx, GameMaker, etc. além da Unity. Uma comparação dessas tecnologias seria bem útil, listando os prós e contras para diferentes gêneros de jogos.

No geral, o livro cobre o essencial para começar e a abordagem adotada (metade Ouya/metade Unity) é compreensível; o leitor terá um pacote completo para começar a desenvolver pro Ouya (e possivelmente outros dispositivos Android) e não precisará de outro livro para seguir o conteúdo. No entanto, novamente, para tópicos intermediários/avançados, é muito recomendado verificar outros livros e referências.

Link para a página do livro no site da editora.

Be Sociable, Share!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>